quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Áreas Especiais

 Áreas Especiais
“Com respeito a origem da vida, a ciência...
afirma positivamente de um poder criador...
Provas extremamente conclusivas de inteligência
e design benevolente estão ao nosso redor...”
Lord Kelvin
Lord Kelvin
Deslizamento de Terra
Image
Avalanche no monte Everest
Um deslizamento de terra é um fenômeno geológico que inclui uma grande variedade de movimentos de solo. O efeito da gravidade numa encosta muito íngreme é uma das causas principais dos deslizamentos. Alguns fatores naturais relacionados ao deslizamento de terra são: a erosão causada por rios, gelerias, degelo, ondas oceânicas, chuvas torrenciais por longos períodos, abalos sísmicos e erupções vulcânicas. Alguns outros fatores estão associados com a atividade humana como vibrações causadas por equipamento e tráfego de veículos, explosões, e estruturas criadas pelo homem para mudar a paisagem.
Esses eventos mudam gradativamente a face do nosso planeta. Embora localizados, eles alteram muitas vezes poderosamente o ecosistema.
Um exemplo foi o deslizamento próximo à rodovia Hope-Princeton, no Canadá. Na manhã de 9 de Janeiro de 1965, um pequeno terremoto na base da montanha fez com que um grande deslizamento de terra ocorresse. Uma camada de 85 metros e 3 quilômetros de extensão deslizou cerca de 2.000 metros montanha abaixo. Essa massa de aproximadamente 46 milhões cúbicos de rochas pulverizadas deslocou completamente o lago adjacente,lançando as suas águas violentamente contra o lado oposto do vale. Toda a vegetação existente no lado da montanha foi totalmente removida.
Tais fenômenos são comuns na Terra.
Mas no dia 19 de Fevereiro de 2008, a sonda espacial Mars Reconnaissance Orbiter, através da sua câmera de alta resolução HiRISE (High Resolution Imaging Science Experiment), fotografou um incrível deslocamento de terra no planeta Marte, próximo ao polo norte marciano.1
O deslizamento de terra que se deu na encosta de um penhasco de 700 metros de altura, produziu uma nuvem de 180 metros de comprimento por 190 metros de largura.
Esta foto é de grande valor, pois os estudos da superfície do planeta Marte têm revelado que a sua superfície não tem mudado drasticamente.
Cientistas querem agora analisar estas imagens, comparando-as com outras, a fim de determinar algumas taxas de velocidade de mudança do solo marciano.
No caso do planeta Terra, estas taxas de velocidade de mudança do solo são muito acentuadas, principalmente devido a erosão causada pelos elementos da nossa atmosfera.
O planeta Terra mostra sinais de grandes mudanças na sua superfície que ocorreram num passado. Sebemos que estas grandes mudanças não poderiam ter ocorrido num passado distante, pois, a velocidade que a superfície da Terra muda é muito alta para que tais sinais ainda permanecessem tão evidentes. Podemos exemplificar com as paredes íngremes dos cânions, onde as taxas de erosão causada pelo vendo e da chuva mostram que tais estruturas se formaram rapidamente, num curto espaço de tempo.
Um exemplo é o Grand Canyon do Colorado, com os seus 446 quilômetros de extensão, com larguras variando entre 6,4 a 29 quilômetros e uma profundidade de até 1,6 quilômetros. Acredita-se que ele tenha sido criado pelo Rio Colorado durante um período de 6 milhões de anos, à medida que o planalto do Colorado se auto elevava – é importante observar que água normalmente escoa ao redor de um obstáculo e não através de um obstáculo.
A quantidade de rocha removida para a formação do Grand Canyon foi de aproximadamente 3.335 km3! Por comparação, o volume de água de todos os rios do planeta é de aproximadamente 1.250 km3!
Como um rio como Colorado poderia ter produzido o Grand Canyon?
Onde foram parar os sedimentos de tão grande erosão?
Na próxima edição do portal será discutida a formação do Grand Canyon na área
Geologia.

Referências

1 http://www.nasa.gov/mission_pages/MRO/news/mro-20080303.html
2 Imagem: NASA/JPL-Caltech/University of Arizona
3 The 1989 Information Please Almanac (Boston: Houghton Mifflin Co., 1989), p. 544.

Image
Deslizamento de terra Hope-Princeton Canadá
Image
Avalanche no polo norte do planeta Marte2


Image
Avalanche no polo norte do planeta Marte2


Image
Grand Canyon extremidade sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails